quarta-feira, 28 de março de 2012

Doenças humanas causadas por bactérias

Muitas doenças que acometem o ser humano e outros seres vivos são causadas por certas bactérias.
Ao contrário das viroses, as doenças bacterianas podem ser combatidas com o uso de antibióticos, sempre com a devida orientação médica. A seguir veremos algumas das principais doenças humanas causadas por bactéria; todas elas exigem imediato acompanhamento médico.
Cólera
É causada pela bactéria Vibrio cholerae (o vibrião colérico) e transmitida aos seres humanos por meio de água e de alimentos contaminados. A bactéria instala-se no intestino, provocando infecção grave. Os principais sintomas são: diarreia, às vezes esbranquiçada, lembrando “água de arroz”, vômitos; cólicas intestinais. Cãibras musculares e alteração na produção de urina.
A prevenção da cólera consiste basicamente em:
·                Evitar beber água que não tenha sido tratada, fervida ou clorada;
·                Proteger os alimentos, até mesmo os cozidos, para evitar que neles pousem moscas; esses insetos podem transportar as bactérias casos entrem em contato com vômitos e fezes de pessoas doentes;
·                Evitar o consumo de alimentos preparados em locais de higiene duvidosa;
·                Cuidados higiênicos, como lavar bem as mãos antes das refeições;
·                Lavagem rigorosa de frutas e de verduras que sejam consumidas cruas, ou, de preferência, colocá-las de molho em água clorada antes de consumi-las.
De maneira geral, os casos de cólera não são fatais se o diagnóstico for rápido e o doente receber o tratamento com a devida orientação médica.
Meningite menigocócica
 
 As meninges são as membranas que envolvem os órgãos do sistema nervoso central, como o cérebro. A meningite, inflamação das meninges, pode ser provocada por diversos agentes, incluindo vírus, fungos e protozoários. A meningite meningocócica é causada pela bactéria Neisseria meningitidis, transmitida ao ser humano por meio das vias respiratórias ou pelo contato com objetos contaminados, como talheres e copos.
Os sintomas da doença incluem dores de cabeça e de garganta, febre alta e rigidez da nuca, podendo levar o paciente à morte. Existe vacina contra a doença.
Tuberculose
 
 Causada pela bactéria Mycobacterium tuberculosis, também conhecida como bacilo de koch, a tuberculose é transmitida pelas vias respiratórias, quando um indivíduo é infectado por gotículas de saliva contaminada, expelida pelo doente durante a fala, espirros ou tosse.
Na maioria dos casos, as bactérias instalam-se nos pulmões, onde provocam lesões denominadas tubérculos. Os sintomas são tosse, expectorações acompanhadas de sangue, febre, suores, emagrecimento e fadiga, entre outros. Excepcionalmente, a bactéria pode se instalar em outras regiões do corpo, como rins, ossos, testículos e meninges. Existe vacina contra a doença – a vacina BCG.
Tétano
 
É caudado pela bactéria Clostridium tetani. Encontrado no solo na forma de esporos, esse bacilo anaeróbico pode penetrar no corpo humano por meio de ferimentos na pele, contato com terra ou objetos contaminados. Uma vez instalada no organismo, a bactéria libera uma toxina que se espalha pelo corpo, provocando dor de cabeça, febre e principalmente rigidez muscular na nuca, no pescoço e na mandíbula, entre outras regiões do corpo. A doença pode levar o indivíduo à morte por paralisia dos músculos respiratórios.
A aplicação de soro antitetânico é fundamental nos casos de suspeita de contágio. Existe vacina contra a doença.
Leptospirose
 
Causada pela bactéria Leptospira interrogans, essa doença é transmitida por meio de água, alimentos e objetos contaminados pela urina de animais infectados, principalmente os ratos. Os sintomas mais comuns são febre, dor de cabeça, vômitos e dores musculares.
Sífilis
 
Doença sexualmente transmissível (DST), a sífilis é causada pela bactéria Treponema pallidum, que pode ser transmitida por contágio sexual, ou da mãe para o feto, através da placenta. Nos casos mais graves, a bactéria provoca lesões no sistema nervoso central, podendo causar cegueira, paralisia geral e morte.
Gonorreia
 
Também conhecida como blenorragia, essa doença sexualmente transmissível (DST) é causada pela bactéria Neisseria gonorrhoeae.
No homem, a doença manifesta-se geralmente cerca de cinco dias após o contágio, verificando-se corrimento com pus na uretra e ardor ao urinar. Na mulher, a doença pode ser assintomática (sem sintomas) ou manifestar-se na forma de corrimento esbranquiçado. Se não for tratada com a devida orientação médica, a gonorreia pode provocar esterilidade masculina, entre outros males.
Coqueluche
 
Causada pela bactéria Haemophilus pertussis, essa doença atinge principalmente crianças e provoca tosse frequente e prolongada, sendo por isso conhecida como tosse comprida. É transmitida por gotículas de saliva e secreções respiratórias eliminadas pelo doente por meio do espirros, tosse ou fala; existe vacina contra a doença.
Hanseníase
 
Também conhecida como lepra, é causada pela bactéria Mycobacterium leprae, também chamada bacilo de Hansen. Essa doença é transmitida por contágio direto. O doente pode apresentar lesões cutâneas, oculares e de nervos. Existe tratamento para a hanseníase.

Além das doenças descritas acima, as bactérias podem causar outras enfermidades por intoxicação alimentar. É o caso do botulismo, frequentemente fatal, que é provocado por uma potente toxina produzida pela bactéria Clostriduim botulinum. Essa bactéria anaeróbica pode se desenvolver em alimentos enlatados diversos, como salsichas e palmitos.
Algumas bactérias, como as dos gêneros Shigella e Salmonella, também contaminam vários tipos de alimentos e provocam infecções no estômago e no intestino, acompanhadas de febre, vômitos e diarreia, e podem levar o indivíduo à morte. Tais doenças exigem imediato tratamento médico.

 


Um comentário: